Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Comer até não poder mais!

Agora vai começar outra aventura! Vou começar a experimentar receitas Paleo! Vou usar receitas vindas de um grupo fantástico (Paleo Descomplicado) do facebook e de blogs e páginas!

Comer até não poder mais!

Agora vai começar outra aventura! Vou começar a experimentar receitas Paleo! Vou usar receitas vindas de um grupo fantástico (Paleo Descomplicado) do facebook e de blogs e páginas!

30
Mai08

Alho

 

 

 

 

Imagem retirada da net

 

 

Diz-se, do alho, que tem poderes milagrosos. Na Transilvânia conseguia transformar o terrível Conde Drácula num cordeirinho, por toda a Europa, os seus poderes afastavam qualquer mau-olhado e actualmente, na cozinha, o alho é campeão dos temperos. Mas as suas capacidades vão muito mais além do que as conhecidas pela tradição popular ou pela cozinha. Esta raiz oriunda da Ásia Central é sobretudo um poderoso aliado do coração e até a própria medicina actual já se rendeu aos seus encantos.

 

Rosa Especial

Usado medicinalmente há mais de 5 mil anos, esta raiz é conhecida pelos gregos como “rosa de mau cheiro”. Este povo utilizava-a para combater doenças pulmonares e intestinais. Também no antigo Egipto se acreditava que a ingestão de alho aumentava o rendimento físico e protegia contra epidemias. E já no séc.XX, durante a Primeira Guerra Mundial, o alho foi usado especialmente para combater a tubercolose e infecções.

 

Segredos e Propriedades

As propriedades medicinais e os segredos desta raiz assentam nos seus composto à base de enxofre. Esta substaância proporciona aquele aroma típico, mas também garante uma série de propriedades desde antibiótica, anticoagulante ou contralador de colesterol. Utilizado na Alemanha na composição de medicamentos para o colesterol, os seus constituintes conseguem baixar a tensão arterial e outros problemas cardíacos.

O alho deve ser consumido cru, muito dos seus componentes perdem-se durante a cozedura. Os médicos aconselham a ingerir cerca de quatro gramas, qualquer coisa como dois dentes de alho por dia, para assegurar bons níveis de colestererol. A tarefa pode revelar-se nociva para a vida social, mas há truques que podem ser seguidos para evitar certos hálitos.

Evitar maus cheiros

Para retirar o cheiro dos alhos das mãos, experiemente esfregá-las debaixo de água corrente com uma colher de inox, como se fosse sabonete.

1 comentário

Comentar post